História

História do Pilates

Joseph Hubertus Pilates nasceu na Alemanha em 1880. Era uma criança doente que sofria de asma, raquitismo e febre reumática. Sua determinação em se tornar fisicamente mais forte o levou

a estudar varias formas diferentes de movimento durante toda sua vida. Na juventude estudou e se tornou especialista em cultura física, mergulho e ginástica.

Durante a Primeira Guerra Mundial, em 1912, Joseph Pilates ganhava a vida na Inglaterra como lutador de boxe e foi considerado um inimigo estrangeiro sendo preso em um campo de concentração.Também atuou como enfermeiro, aplicando seus conhecimentos em pacientes ainda acamados, trabalhando e retomando o tônus muscular antes mesmo de terem alta médica.

Toda esta vivência o levou a criar seu método revolucionário. A princípio, ele usou molas para ajudar os pacientes a se recuperarem. Mais tarde, estes objetos dariam origem aos equipamentos que hoje fazem tanto sucesso. Sua técnica só foi reconhecida quando nenhum dos internos daquele campo sucumbiram a uma epidemia de gripe que matou milhares de pessoas na Europa em 1918.

Em 1923, mudou-se para os Estados Unidos e abriu seu primeiro estúdio, em Nova York, situado no mesmo edifício do New York City Ballet . Denominando seu método como ” Contrologia “. No começo, o método impressionou um pouco e a popularização da prática só se deu nos anos 40, com a procura de grandes bailarinos, como Ruth St. Denis, Ted Shawn, Martha Graham, George Balanchine e Jerome Robbins.

Joseph Pilates faleceu aos 87 anos. Sua esposa, Clara Pilates, deu continuidade ao trabalho de difusão e logo, muitos alunos seguiram seus passos e abriram seus próprios estúdios. Desde então o método cresceu muito e hoje em dia, o Método Pilates não é usado mais somente como atividade física, mas também para fins de reabilitação, podendo tratar uma grande variedade de patologias. Hoje em dia, sua técnica é praticada mundialmente. Somente nos Estados Unidos, mais de 5 milhões de pessoas praticam Pilates.

Hoje em dia as pessoas no mundo todo estão se tornando cada vez mais esclarecidas quanto à importância de uma boa forma física para que se possa levar uma vida feliz e saudável. Manter-se em boa forma física fica cada vez mais difícil devido a obsessão que se criou em relação ao trabalho.

O Pilates no Brasil

pilates-representantes-mundo-gisele-mukai6
Gisele Mukai e Alice Becker

O Pilates chegou ao Brasil através de Alice Becker Denovaro, que criou em 1991 o primeiro estúdio brasileiro de Pilates. Graduada em Dança pela Universidade da UFBA e mestre em Coreografia pelo Califórnia Institute of The Arts, Los Angeles, foi a primeira brasileira a se certificar para instrução da técnica de Pilates.

Alice Becker Denovaro criou em 1991, o primeiro estúdio brasileiro de Pilates. Graduada em Dança pela Universidade da UFBA e mestre em Coreografia pelo Califórnia Institute of The Arts, Los Angeles, foi a primeira brasileira a se certificar para instrução da técnica de Pilates.

Professora de Pilates do Balé Teatro Castro Alves, adquiriu papel fundamental na preparação dos profissionais dessa companhia. Além disso, Alice introduziu o Pilates na área clinica em Salvador, através do Ambulatório de Dor do Hospital das Clínicas – HUPES – UFBA. Hoje, Salvador conta com mais 20 estúdios em plena atividade, com um número de mais 2000 praticantes do método. Por meio da Physio Pilates, Alice Becker é hoje licenciada da Polestar Education para a América do Sul. Dessa forma, já realizou diversos cursos de formação no Brasil, Venezuela, Uruguai, Argentina, Chile e Equador.

A partir do trabalho de Alice Becker, surgem novos estúdios. A dançarina Ruth Rachou, tendo desenvolvido uma estreita relação com a Escola de Dança de Martha Graham, em Nova York, passou a freqüentar o Estúdio de Robert Fitzgerald, onde os dançarinos da companhia de Martha faziam as suas aulas de Pilates. Sendo assim, decidiu, em 1993, trazer a técnica para o “Espaço de Dança Ruth Rachou”, em São Paulo.

Em agosto de 1994, Maria Cristina Rossi Abrami, graduada em Educação Física, após ser certificada na Técnica de Pilates pelo Physical Mind Institute, no Novo México, iniciou as suas atividades com Pilates em São Paulo, no CGPA – Centro de Ginástica Postural Angélica.

Em 1996, Inélia Garcia, após ter feito a sua certificação com Romana Kryzanowska, iniciou também em São Paulo os trabalhos com a Técnica de Pilates. Licenciada pelo “The Pilates Studio”, Inélia vem também promovendo cursos de formação no Brasil. Também em 1996, Elaine de Markondes, após um congresso sobre técnicas corporais em Buenos Aires, iniciou suas pesquisas sobre o Método Pilates. Tendo participado de diversos cursos e workshops, começou em 1997 os trabalhos com Pilates, em Curitiba. Hoje, Elaine é licenciada pelo Physical Mind Institute, ministrando cursos de formação em Pilates.

Em 1999, finalmente, para alívio de toda a Comunidade Pilates no Brasil, surgiu oficialmente o primeiro fabricante brasileiro de equipamentos de Pilates, a Physio Pilates, com sede em Salvador/BA, trabalhando sob licença exclusiva de Balanced Body® para toda a América do Sul. Atualmente, a Physio Pilates tem clientes em diversos países da América do Sul, como Venezuela, Chile, Argentina, Uruguai e Equador.

Em 1999 o trabalho chega ao Rio, por intermédio da Physio Pilates. Em Goiás, o trabalho começou em 1999, sendo Adriano Bittar o primeiro fisioterapeuta no Brasil a ser certificado pela Polestar Education, na Técnica de Pilates-Evolved para reabilitação.

Em 2004, a Physio Pilates inaugura seus Studios Máster em Salvador e em Porto Alegre.